COMPARTILHE

O amapaense de 28 anos e representante da X-GYM, Adilson Ramos, o “Pica-Pau”, tem desafio marcado para o próximo sábado (08) diante do gaúcho e campeão dos pesos penas, Claudir Dutkevis, no JVT Championship 11.

Com apenas duas lutas no cartel profissional, Adilson Ramos terá pela frente um adversário experiente – com mais de 17 vitórias – além de enfrentar a torcida adversária que sempre faz ferver o Ginásio Vascão, em Caxias do Sul/RS.

O duelo será válido pelo main event do banner gaúcho idealizado por Jorge Velho, o JVT.

E hoje, quem está aqui para um bate-papo é o desafiante ao título dos pesos penas, até 65kg, Adilson Ramos “Pica-Pau”.

Com pouco mais de um ano lutando profissionalmente, você acha que pode se tornar um grande destaque nacional?

Não só acho como eu tenho certeza! Eu acredito no meu potencial e almejo chegar ao topo do cenário nacional e até mesmo ser reconhecido mundialmente. Eu me considero que nasci para isso, amo o que eu faço e meu sonho vai além de um destaque nacional. Meu sonho é chegar no UFC! Sei que muito em breve vou conseguir isso, porque são oportunidades como essa que me levarão a alcançar meu objetivo.

Com apenas duas lutas na carreira, em sua última luta você venceu um atleta forte, Alisson Barbosa, no Jungle Fight. Como foi para você lutar lá?

Foi uma honra poder lutar no maior evento de MMA da América Latina. O Jungle Fight sem dúvidas contribuiu para o meu crescimento e reconhecimento no mundo das lutas. Eu enfrentei um atleta duríssimo, o qual eu tive a satisfação de sair vitorioso. Isso prova que posso ir além.

equipe-xgym
Adilson Ramos com a sua equipe, X-GYM (Foto: Arquivo Pessoal)

E quais modalidades você se considera melhor, e quais você tem mais dificuldades e vem treinando mais afinco para aperfeiçoar seu jogo?

Sou um amante da arte suave (Jiu Jitsu). Porém me considero um artista marcial completo, pois dou duro todos os dias em meus treinos, em cima ou em baixo eu saio na porrada. É exatamente pra isso que levanto todos os dias as seis da manhã de segunda a sábado.

Adilson, você vai enfrentar um atleta muito experiente. Qual a sua expectativa para essa luta contra o Claudir, que terá a torcida contra você? Pretende levar para o chão ou focar na trocação.

Eu estou muito feliz em realizar essa disputa de cinturão contra um cara muito experiente, com 17 vitórias em sua carreira, mas não tenho dúvidas quanto a minha capacidade pois quando estou no octógono penso que um dos dois tem que cair, e esse não será eu.

Quanto a torcida, isso não influencia em nada no meu desempenho, muito pelo contrário luto para todos, gosto de ver a galera vibrando, afinal somos atletas profissionais e nossa missão é dar o espetáculo.

Confira o card completo do JVT Championship 11 (sujeito a modificações):

MMA PROFISSIONAL

Penas: Adilson Ramos “Pica-Pau” (X-GYM/Guarulhos-SP) x Claudir Dutkevis (Training)
Pesados: Sandro “Doido” Vieira (SV Team Guarulhos-SP) x Edison Lopes (Luis Brito MMA/Lion Team)
Meio-médios: Silas Robson (Training/ Art-Of-Fighting) x Daniel Espírito Santo (CT Strong)
Até 68kg: Adilson Ramos “Pica-Pau” (SV Team Guarulhos) x Fernando Colman (Training)
Até 72kg: Maicon Miler (Elite Thai/Team Nogueira Camaquã) x Edimar Teixeira (Luis Brito MMA)
Leves: Igor Mieres (Garra Team Caldeira) x Guilherme ‘Cobra’ Jung (Sombra Team)
Galos: Vini Baraldo (Astra FT POA) x Tiago dos Santos Ebertz (Garra Team Caldeira)

K1

Até 77kg: Wellington Uega (Hemmers Gym/WU Sports) x Juliano Pistore (Equipe Tiger King MuayThai)

JIU JITSU

Até 70kg: Cristian Polnov (Sul Jiu-Jitsu) x Jonathan Lopes (Aliance/Mario Reis)

O evento está programado para começar às 20 horas do dia 08 de Outubro, sábado, no Ginásio Vascão, em Caxias do Sul/RS.