COMPARTILHE

O gaúcho Bruno Saymon, jovem treinador que se dedica ao estudo para implementar novas tecnologias em busca de um futebol moderno e eficaz, é o comandante dos times juvenil e profissional do Futebol Clube Verê (FCV), do Paraná, para a temporada de 2018. A apresentação oficial ocorrerá no dia 15 de janeiro, no estádio Vila do Mar.

Saymon recebeu a proposta do presidente Juliano Cagnini, através de indicação do jogador Casemiro, atleta com quem trabalhou em 2015, no Operário de Mafra, de Santa Catarina. “Eles gostaram do meu currículo e apostaram no meu modo de comandar, que se enquadra com os objetivos do clube a longo prazo. Estão apostando em meus conhecimentos e terei a chance de aplicar as novas tecnologias que estudo”, diz. Fundado em julho de 2015, o FCV tem projetos totalmente voltados para a revelação de atletas.

O treinador aceitou o convite após visitar as dependências do clube. “Quando me mostraram o projeto, gostei muito e fiquei entusiasmado. Eles têm uma bela estrutura e um trabalho de campo muito bom. Chego para completar o time e temos todas as ferramentas para fazer um ótimo trabalho”, conta. O objetivo do clube é levar o profissional para a segunda divisão do paranaense. No primeiro semestre, Saymon comandará a equipe juvenil nos campeonatos sub 15 e 17, de março a setembro e o time profissional no campeonato estadual série C de agosto a novembro de 2018.

SOBRE O TÉCNICO: Multifuncional, Bruno Saymon amplia conhecimentos no futebol

O ano de 2018 promete ser de muito progredimento na carreira do jovem treinador, Bruno Saymon. Aos 30 anos de idade, traz uma bagagem carregada de conhecimentos adquiridos dentro e fora dos gramados. A base como jogador e as experiências de estágio como preparador, construídas nos dois grandes clubes de Porto Alegre, Grêmio e Internacional, rapidamente o levaram a comandar times da região metropolitana da capital gaúcha, onde seu talento o despontou. Profissional multifuncional, chegou a assumir como técnico e preparador físico simultaneamente, e agora quer aplicar os conhecimentos que vem adquirindo com estudos e qualificações.

Formado em Educação Física pela Universidade Metodista do Sul de Porto Alegre e especializado em Futebol e Futsal pela Universidade Gama Filho, Bruno tem se dedicado também a cursos e a todas novas técnicas que possam agregar e valorizar o seu trabalho. “Me preparei para revolucionar o futebol. Busquei a qualificação necessária para compreender também a parte de periodização. No Brasil, vivemos uma rotatividade muito grande, pois envolve a paixão do torcedor e somos muito cobrados. Estou pronto para dar o resultado que o torcedor merece.”

O futebol sempre esteve presente na vida do porto-alegrense que começou a praticar o esporte com apenas 5 anos de idade. “Me deu importantes valores que carrego para a vida e também aplico no meu trabalho, dentre eles educação, comprometimento e respeito.” Como jogador, começou no Esporte Clube Cruzeiro (RS) e teve passagens pelo Novo Hamburgo (RS), Operário Ferroviário Esporte Clube, do estado do Paraná. O zagueiro também atuou no exterior, pelo clube Universidade de Chile. A carreira de atleta foi encerrada precocemente aos 21 anos, em função de uma grave lesão no joelho.

Para ele, um bom trabalho é fruto da busca pelo conhecimento metodológico, somado a uma boa comunicação com a equipe que se trabalha. “É necessário tempo para conseguir aproveitar o máximo possível de cada jogador e buscar a sua melhor característica. Conhecimento e comprometimento com o trabalho. Este equilíbrio é essencial para conquistarmos nossos objetivos. Sei que o caminho é árduo, mas sou apaixonado pelo que faço e não imagino viver sem o futebol”, encerra.