COMPARTILHE

O Internacional deverá anunciar na próxima segunda-feira (23/01), o retorno do seu time de futebol feminino. O anuncio oficial e os detalhes do departamento serão anunciados em entrevista coletiva, provavelmente no hotel Vila Ventura, onde ocorre a pré-temporada do time masculino.

(Foto: Divulgação Inter)

A ideia do clube é montar uma equipe para disputar as competições da CBF e criar uma escolinha de futebol para meninas, que foi extinta em 2011. A ideia é que ela seja inaugurada já no dia 3 de março. O investimento dos clubes na área está vinculado às exigências do Profut e da Conmebol – as equipes só poderão disputar competições da entidade se tiverem base e equipe feminina.

A ideia do Inter é fazer parte do Campeonato Brasileiro já em 2017, entretanto, a equipe deverá disputar a série A-2 da competição (o mesmo que a série B), pelo fato de a CBF já ter divulgado as equipes que irão disputar a primeira divisão, são elas: Flamengo (RJ), Audax (SP), São José (SP), Vitória de Santo Antão (PE), São Francisco do Conde (BA), Foz Cataratas (PR), Ferroviária (SP), Iranduba (AM), Rio Preto (SP), Kindermann (SC), Santos (SP), Corinthians (SP), Ponte Preta (SP), Grêmio (RS), Sport Recife (PE), Vitória (BA).

(Foto: Ricardo Stuckert/CBF)

A escolha funcionou da seguinte maneira, a CBF definiu seis vagas na A1 para os seis melhores colocados no Brasileirão dos homens. Quatro clubes não aceitaram, abrindo espaço para que os times que acabaram o Brasileirão 2016 entre o 7º e o 10º lugar entrassem na competição. Como o Inter não ficou entre essas posições terá que entrar em uma série inferior aos demais.

(Foto: Camila Cardoso)

A nova categoria se reportará ao vice-presidente de relacionamento social, Norberto Jacques Guimarães, e contará com o retorno da ex-jogadora Duda ao Inter. As 80 meninas que até dezembro faziam parte da escola de futebol da ex-atleta do Inter, algumas delas com convocações para seleções brasileiras, migrarão automaticamente para o projeto. O Duda Canoas, time gerenciado pela ex-atleta, conquistou em dezembro o Gauchão da categoria.

A decisão do Inter de vincular seu departamento de futebol feminino à vice-presidência de relacionamento social não é por acaso, com isso, o clube busca aproximar o público feminino do clube e ganhar sócias. Atualmente o clube conta com 22 mil sócias mulheres, a meta é chegar ao menos a 50 mil.

Atualmente a CBF conta com duas competições, o Campeonato Brasileiro (conquistado em 2016 pelo Flamengo) e a Copa do Brasil (conquistada pelo Audax-SP em 2016).