COMPARTILHE
(Alain Jocard/AFP)

A novela que tomou conta dos jornais nos últimos meses, “Neymar vai ou não para o PSG?”, terminou com o final feliz para os franceses que por € 222 milhões (cerca de R$ 814 milhões) assinaram com o atacante brasileiro por 5 temporadas. E ao que tudo indica teve um final feliz também para o novo camisa 10 do Paris Saint-Germain.

(Foto: EFE)

Financeiramente a transferência foi fantasística para o brasileiro, Neymar vai receber um salario de 30 milhões de Euros (cerca de RS 110 milhões) por ano, o segundo maior do mundo, atrás apenas de Tévez que recebe 38 milhões de Euros no Shanghai Shenshua, da China. Entretanto, não foi só o dinheiro que levou Neymar a aceitar a proposta do PSG, o sonho do atacante de 24 anos em se tornar o melhor jogador do mundo foi fundamental para que a transferência fosse concluída.

De acordo com o diário “Sport”, o brasileiro teve uma reunião com Messi e Suárez, durante a pré-temporada do Barcelona, onde o Argentino teria dito a Neymar que poderia transforma-lo no Bola de Ouro. “Você quer? Quer ser Bola de Ouro? Eu te faço Bola de Ouro”, teria dito Messi, segundo o “Sport”, diante de Luis Suárez. Mas nem mesmo todo o esforço da equipe catalã convenceu Neymar a permanecer no clube,

A estreia pelo PSG!

Neymar comemora gol de Cavani (Foto: Reprodução PSG)

Após concluir-se a negociação, a expectativa era quando Neymar faria sua estreia pelo Paris Saint-Germain. Apresentado oficialmente na quinta-feira (3/8), Neymar vivia a expectativa de entrar em campo no sábado (5), diante do Amiens pela estreia do Campeonato Francês, mas o Barcelona não enviou a documentação a tempo e a estreia do camisa 10 foi adiada em uma semana.

Domingo, 13 de agosto de 2017, segunda rodada do Campeonato Francês, Guingamp x PSG. Este dia ficará marcado para sempre na memória de Neymar e dos torcedores da equipe francesa. O duelo no modesto Stade Du Roudourou, com capacidade para cerca de 18 mil pessoas, contra a modesta equipe do Guingamp tinha tudo para ser a tarde perfeita para Neymar, e foi.

(Neymar comemora 1º gol pelo PSG (Foto: Reprodução PSG)

Após um primeiro tempo modesto do PSG, onde Neymar criou as melhores jogadas, como ao servir Marquinhos que de cabeça acertou o travessão. Na segunda etapa, o PSG mostrou o porque de ser umas das principais equipes do planeta, 3 a 0. Neymar brilhou, deu assistência, distribuiu dribles e ainda marcou o seu gol na estreia.Feito que só conseguirá na sua sexta partida do Campeonato Nacional, tanto no Santos, como no Barcelona.

A atuação destacada do atacante, inflamou os torcedores e estampou as principais capas de jornal na França e ao redor do mundo. Foram mais de 20 mil camisa do atacante vendidas em pouco mais de uma semana, número superior a venda de camisas de Ángel Di Maria em um ano.

Na Espanha, Barcelona sofre sem Neymar

CR7 imita Messi ao marcar no Camp Nou (Foto: Stringer/AFP)

Se a vida de Neymar e do PSG vai “as mil maravilhas” na França, o Barcelona enfrenta uma crise após a saída do Brasileiro. Enquanto Neymar marcava seu primeiro gol com a camisa do PSG, o Barcelona era derrotado em pleno Camp Nou pelo Real Madrid na final da Supercopa da Espanha.

Já não bastasse a derrota no jogo de ida, a partida de volta em Madrid, foi uma massacre do Real Madrid. Mesmo poupando jogadores como Casemiro, Isco e Bale, e sem Cristiano Ronaldo expulso na partida de ida, a equipe merengue venceu o Barça sem sustos. O jovem Asensio, que meses antes de acertar com o Real Madrid foi rejeitado pelo Barcelona, marcou um golaço no início da partida ampliando a vantagem, que já era de 3 a 1 no confronto de ida. Benzema ainda marcou o segundo, fechando a partida em 2 a 0 e o agregado dos dois jogos em 5 a 1. O clube catalão ainda perdeu Suárez por um mês com uma lesão no joelho.

Real conquista pela 10ª vez Supercopa da Espanha (Foto: Javier Soriano / AFP)

Alem da derrota e da perda do título da supercopa da Espanha, o Barça viu o Real Madrid ter mais posse de bola ao final da partida (52% a 48%), algo que não acontecia a 9 anos ou 32 clássicos. A última vez que o Real havia tido mais posse de bola foi ainda em 7 de maio de 2008. Desde então, eram 32 partidas (31 oficiais mais o amistoso da pré-temporada deste ano), todos com superioridade do Barça no tempo com a bola nos pés.

Barça no Mercado!

(Foto: Divulgação)

Para tentar rever a situação o Barcelona está no mercado em busca de um substituto a Neymar, mas as negociações não estão fáceis. Hoje, o Liverpool rejeitou mais uma investida do Barcelona por Philippe Coutinho. A equipe catalã ofereceu € 125 milhões (R$ 465,5 milhões) que foram rejeitados imediatamente pelo Liverpool. A expectativa é que o Barcelona apresente uma nova oferta de até € 130 milhões (R$ 479 milhões) pelo meia-atacante.

Se não consegue convencer os ingleses a vender Coutinho, nesta semana o Barça apresentou Paulinho, volante brasileiro que custou € 40 milhões (cerca de R$ 150 milhões) aos cofres e que não é visto com bons olhos pela torcida e pela imprensa espanhola.

Alem dele, o Barcelona já teria um acerto com o zagueiro Mina do Palmeiras, exerceria sua opção de compra e pagaria nove milhões de euros (cerca de R$33.5 milhões), o zagueiro, porem, só se apresentaria ao Barça em janeiro de 2018.

Neymar e Barcelona voltam a campo neste domingo por seus campeonatos nacional. O PSG recebe o Toulouse no domingo, na partida que marca a estreia de Neymar no Parc des Princes. O Barcelona também joga no domingo e também em casa, recebe o Bétis no Camp Nou na primeira rodada do Campeonato Espanhol.