COMPARTILHE
(Foto: Divulgação/ Deportes Iquique-CHI/ Twitter)

Na próxima terça feira, às 21h45, na Arena tricolor, o Grêmio fará seu duelo de número dois pela primeira fase da Copa Libertadores 2017, este que será diante do Deportes Iquique do Chile, o time chileno é pouco conhecido dos brasileiros, o time celeste está na sua segunda participação no torneio continental, veja aqui detalhes do Iquique.

2º ADVERSÁRIO NA BUSCA PELO TRI:
(Foto: Divulgação)

O CLUBE: O Club Deportes Iquique é um time chileno, que foi fundado em 21 de maio de 1978, e está situado na cidade de Iquique, na região de Tarapacá, que fica a 1.853 km ao norte de Santiago, capital do Chile, seus fundadores foram Ramón Estay e Ramón Pérez Opazo, o time tem a alcunha de Dragões Celestes, e tem como rival o Club Deportivo San Marcos de Arica (que atualmente disputa a segunda divisão do futebol chileno), o Deportes chegou a está edição da Libertadores após ser vice campeão do Torneio Apertura de 2016.

(Foto: Divulgação)

TÉCNICO: Jaime Andrés Vera Rodríguez (apelidos: Pillo e Halloween), ou simplesmente Jaime Vera como é mais conhecido, é o treinador do time chileno desde 2015, Jaime nasceu em 25 de março de 1963, foi jogador de futebol, sua posição era volante e atuou em times como Colo-Colo-CHI, Cobreloa-CHI, OFI Creta-GRE e encerrou sua carreira no Monarcas Morelia-Mex em 1996, em 2000 ingressou na profissão de treinador no modesto Ñublense-CHI que joga a Primera B de Chile, Vera teve uma rápida passagem pela Seleção Chilena ficando apenas um ano no comando de La Roja, e está em sua segunda passagem pelo Iquique, a primeira foi entre 2013-2014, quando conquistou a Copa Chile daquela temporada. 

(Foto: Divulgação/ Wikipédia)

ESTÁDIO: O Deportes Iquique tem como casa o estádio Tierra de Campiones, também conhecido como Ramón Estay Saavedra, o templo do Iquique foi inaugurado em 05 de dezembro 1993 e suporta um público de 10 mil espectadores, atualmente o “Tierra” está em reforma, mas a princípio o time chileno jogará a Libertadores ali mesmo, dando uma parada nas obras ( jogaram no Ramón em sua estreia na Competição Continental) , já no Campeonato local eles estão jogando no Cavancha (2 mil e 500 pessoas), mas o Conmebol exige capacidade maior para partidas da competição continental.

(Foto: Divulgação)

PRESIDENTE: O time chileno é presidido pelo Cesare Rossi Oliva desde o ano de 2009, o presidente dos Dragões Celestes, ficou famoso por uma declaração dada em dezembro de 2016, quando disse que não jogaria diante da Universidad Católica-CHI pelo Apertura daquele ano se o jogo não fosse em Cavancha (estádio que o Iquique tem mandado suas partidas enquanto o Tierra de Campiones segue em reforma), Cesare:Não vamos jogar com Católica se não for em Cavancha, estamos dispostos a perder pontos, mas o estádio é seguro e não devem chegar tão longe. Isso nos faz duvidar muitas coisas. Investimos em cabines, vestiários, segurança, representando vários milhões desembolsados.

(Foto: Divulgação)

PRINCIPAL JOGADOR: Luis Gonzalo Bustamante, meia argentino de 31 anos, destro, de 1m70cm faz a ligação entre meio campo e ataque do time do Deportes Iquique, ele chegou ao clube chileno em junho de 2015, vindo proveniente do Levadiakos FC da Grécia onde ficou uma temporada 2014-2015, no Iquique, Bustamante usa a camisa 20, pelos Celestes ele tem 57 jogos e fez 11 gols, nesta temporada deixou sua marca na vitória por 2 x 0 sobre o Palestino pelo Campeonato Apertura. Em entrevista a veículos chilenos no início deste temporada, o jogador falou sobre a pré-temporada do Deportes, Gonzalo: “Fizemos uma boa pré-temporada. Difícil e exigente para ambas as frentes, felizmente na primeira que estamos jogando está indo bem. Felizmente começamos bem.

(Foto: Divulgação/ Deportes Iquique-CHI)

REFORÇOS EM 2017: O time do Iquique foi cirúrgico em suas contratações para esta temporada, e fez apenas duas aquisições de chilenos, o lateral esquerdo Nicolás Peñailillo e o meia Eduardo Farías , segundo o técnico Jaime Vera declarou ao Jornal local La Estrella, estes eram os jogadores que ele pediu, não adianta ser egoísta, Jaime: “Já chegaram os dois jogadores que eu pedi. Não estamos mais buscando contratações. Todos querem um atacante, mas não posso ser egoísta com os garotos que estão jogando bem. Expliquei ao presidente o meu pensamento.”

(Foto: Divulgação/ Deportes Iquique-CHI)

TIME BASE: O time chileno joga em uma esquema 4-4-2, com três volantes (Riquero Torres e Bustamante), um meia armador Villalobos e dois atacantes (Reynero e Ramos), possuem um esquema flexível com variação em certos momentos para um 3-5-2, os laterais não tem muita função ofensiva, principalmente o esquerdo. Naranjo; Moreno, Lópes, Zenteno e Charles; Riquero, Diego Torres e Luis Bustamante; Manuel Villalobos, Felipe Reynero e Álvaro Ramos

TÍTULOS: O Iquique tem três títulos em sua história, sendo estes da mesma competição a Copa Chile, foi vitorioso nas temporadas: 1980, 2010, 2013/2014

(Foto: Divulgação)

MOMENTO DO TIME: Jogando em duas frentes neste início de temporada, o time chileno é o líder no Apertura do Chile, em 16 jogos, tem nove vitórias, cinco empates e três derrotas, fez 28 gols e sofreu 22, tendo um saldo de seis na competição, já na Libertadores da América, o clube estreou com derrota diante do Guaraní-PAR no dia 7 de março, perdeu por 1 x 0 gol de Hernán Novick, nesta partida o Iquique teve maior posse de bola, mas não soube converteu em gols, é terceiro colocado no grupo 8 da LA 17, com nenhum ponto e saldo -1.

(Foto: Divulgação/ EFE)

NÚMEROS NA LIBERTADORES: Esta é a segunda participação do Iquique-CHI em Competição Continental, anteriormente eles jogaram na edição de 2013, quando iniciaram na fase de Pré Libertadores, onde eliminaram o Leon-MEX, em duas partidas diante da equipe mexicana, dois em empates em 1 x 1, e nos penâltis 4 x 2 para o time chileno, no total pela LA são: 8 jogos, 1 vitória, 2 empates, 5 derrotas, 7 gols marcados, 15 gols sofridos,