COMPARTILHE
(Foto: Giuliano Gomes/ Agência PR PRESS)

Autor do primeiro gol da vitória do Inter sobre o Flamengo no domingo, o atacante Eduardo Sasha vem atuando no sacrifício, quem confirmou a informação foi o próprio jogador em entrevista a rádio Gaúcha nesta segunda, que ainda revelou que pode ter de passar pela quarta cirurgia no tornozelo direito.

(Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)
(Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)

Segundo o atacante, ele não está 100% fisicamente e jogando a base de injeções para superar as dores no tornozelo direito, ainda relacionadas a lesão que já o fez passar por três procedimentos cirúrgicos. “Eu não estou 100%. Tive um problema no ano passado que acabou acontecendo uma coisa que não deveria. Este ano eu voltei melhor, mas ainda não 100%. Com o acúmulo de jogos, desgaste, chegou um momento que pesou. Por isso eu tive esta queda de rendimento. Foi uma recuperação que talvez eu não tenha feito bem e agora atrapalhe neste ano”, afirmou no programa Estúdio Gaúcho.

(Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)
(Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)

Uma quarta cirurgia no tornozelo direito não está descartada pelo departamento médico do Inter, ela até já poderia ter ocorrido no meio deste Brasileirão, mas a pedidos, o camisa 9 preferiu seguir jogando com dores e ajudar o Inter a deixar a zona de rebaixamento. “Muita gente não sabe o que aconteceu. Em dezembro eu tive que botar gesso por 40 dias e tive uma infecção pós-operatória. Para um atleta profissional, usar gesso é último caso. A perna acaba “sumindo”. Perde a força muscular, tudo. No início do ano, quando eu me apresentei, eu tinha tirado o gesso há apenas 15 dias, acabei voltando em cima. Teve um tempo que deu para levar bem. Mas com o desgaste, acabou voltando (…) Eu sinto um desconforto. Em muitos jogos eu tomo uma injeção para minimizar isso e acaba ajudando”, revelou.

Em maio do ano passado, devido a uma LER (lesão por esforço repetitivo), ele passou por nova operação durante a parada da Taça Libertadores da América. A terceira internação aconteceu no final do ano passado. Mesmo com as dores, Sasha foi responsável por uma vitória contra um dos líderes do Brasileirão 2016. O atacante é o artilheiro do time na temporada, com 14 gols.