COMPARTILHE

Redação: Francisco Alves / Imagem e foto: Google Imagens

O Grêmio volta o foco para jogadores estrangeiros com a chegada de Júnior Chávare, que trabalhou no São Paulo. O retorno do diretor de formação deve dar uma nova vida para o plano voltar em 2016. A pauta foi realizada pelo jornalista Marinho Saldanha, do UOL esportes.

“Temos observação para base, esperamos a janela de janeiro, a idéia é trazer dois jogadores de fora para a base, para o Sub-18 ou Sub-19. Mas se aparecer outra oportunidade, estamos atentos. Uma avaliação mais forte no Uruguai e outra na Argentina”. Disse o novo diretor de formação do Grêmio Chávare.

A rede do tricolor é ampla e tem observadores por vários países sul-americanos, entre eles Bolívia, Chile, Colômbia e Paraguai. Nenhum nome de jogador foi citado para evitar a concorrência com outros times. O time gaúcho mantém a forma de contratação como já foi feita com outros jogadores gringos já contratados para base gremista.

A pouco tempo o clube fez uma parceria com o futebol da China. Ainda não existe a possibilidade do intercambio, mas jogadores que começarem a se destacar depois dos 14 anos podem ter a chance de fazer avaliações em Porto Alegre.

Com esse projeto vários jogadores estrangeiros já passaram pela base gremista. Cláudio Gaona e Robertino Canavesio jogaram em campeonatos da base, mas nenhum chegou a brilhar no time profissional. O único que teve chance foi Canavesio, mas não conseguiram se manter na equipe e vou liberado para procurar outro clube.

12204952_732696640196427_1517173646_nNo time atual da base o Grêmio tem o sul-africano Tyroane Sundows que é o único gringo do grupo de base. Com esse projeto voltando é provável que em 2016 vários jogadores estrangeiros devem voltar a fazer avaliações na base do tricolor gaúcho.