COMPARTILHE
Felipão sai em desvantagem na primeira partida da semifinal da Libertadores. (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Com fama de copeiro, o técnico Luis Felipe Scolari, o Felipão, comandou ontem sua quinta semifinal de Libertadores. Das quatro já disputadas pelo treinador, ele passou em três. Na noite de ontem, porém, o Felipão saiu em desvantagem e agora terá que reverter em casa o placar de 2 a 0, conquistado pelo Boca Juniors frente ao seu time, o Palmeiras.

Em La Bambonera, místico estádio argentino, nem o espírito e a tradição copeira do técnico gaúcho foi suficiente para desbancar o tradicional Boca Juniors, multicampeão da Libertadores com seis títulos conquistados. O Palmeiras conseguiu segurar o empate, que seria um excelente resultado, até os 38 minutos do segundo tempo, quando Benedetto, de cabeça, abriu o placar. O mesmo Benedetto, aos 42, em um chute forte, fez gol de fora da área, ampliou e garantiu a vitória dos argentinos.

Scolari terá agora a difícil missão de fazer seu time reverter em casa o placar adverso sofrido fora de casa. O jogo de volta acontece na próxima quarta-feira, às 21:45, na Arena Palestra. Para se classificar, o Palmeiras precisa vencer por dois gols de diferença e vencer nos pênaltis, ou vencer por três gols para conquistar a classificação direta.